Quinta-feira, 27 de Maio de 2010
...

Hoje achei por bem perguntar-te se ficavas bem, eu sabia a resposta e também sabia que não ia de acordo com o que me ias dizer. Tinha saudades de te puder dizer a verdade e tu perceberes que tinhas que seguir em frente. Agora as minhas palavras ja nao te dizem nada, queres correr por essa estrada sozinha e eu recuso-me a ir atras de ti.

Ainda sonhas com o mesmo que eu ou já nao temos nada em comum?

Mostraste-me coisas que nunca vi, deste-me parte da tua vida e ainda assim a rotina maldita e o tempo que passamos longe tiraram-nos o que mais tinhamos de precioso.

As vezes perguntam-me por ti, onde estás , com quem estás, o que fazes... Eu não sei e isso deixa as pessoas confusas. Se eu não sei quem saberá? Ninguem talvez.

Por isso pergunto : Ficas bem? Estás bem?

Quem é que toma conta de ti agora? Quem é que está contigo agora...

Espero que esteja alguem e que nao estejas só. Eu um dia fiquei de voltar, agora nem tempo para respirar tenho, mas ainda ha a esperança de mais tempo, mais sonhos e verdades.

E agora saio daqui com medo, muito medo do que me espera do outro lado. Mas não posso mudar isso.

 

 

publicado por 4senses às 15:56

mais sobre mim
pesquisar
 
Maio 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
28
29

30
31


arquivos
2013

2012

2011

2010

blogs SAPO


Universidade de Aveiro