Domingo, 15 de Setembro de 2013
...

Estou sozinha outra vez. 4 anos depois, o mesmo sítio, os mesmos medos, os mesmos dilemas. Estou sozinha outra vez, a única companhia são as lágrimas, o medo, o desespero, a dor.

 

Odeio este sentimento. Não quero isto. Não quero isto. Repeti vezes sem conta, enquanto procurava algum alivio. Não quero isto... Por favor não quero isto. Todos os medos, todas as incertezas. Não quero isto, estou certa disso. Tenho um aperto no peito, um nó na garganta e uma avalance de incertezas.

Posso fugir? Posso! Porque não fujo? Porque não posso. Muitas vezes percebemos desde o ínicio que não estamos no sítio certo, que não pertencemos a lado nenhum ou que até podemos pertencer a todo o lado menos ali. Quero muito fugir. 

 

publicado por 4senses às 19:35

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



mais sobre mim
pesquisar
 
Setembro 2013
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


arquivos
2013

2012

2011

2010

subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro